Mostrando postagens com marcador Primeira Guerra Mundial. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Primeira Guerra Mundial. Mostrar todas as postagens

A Inveção de Hugo Cabret

Paris, 1930.
 
Na esperança de descobrir uma mensagem de seu falecido pai, um garoto solitário que vive escondido nas dependências de uma estação de trem em Paris, tenta consertar um "autômato", uma espécie de boneco mecânico que funciona com engrenagens como as de um relógio.
 
O garoto é Hugo Cabret, de 12 anos de idade. Para concluir sua façanha ele começa a roubar as peças de um velho senhor que restaura brinquedos também na estação, Paga Georges. Só que o que ele vai descobrir quando ao ser desmascarado por Papa Georges irá mudar completamente a sua vida.
 
Essa emocionante história cheia de aventuras e suspense está contada no filme "A Invenção de Hugo Cabret" (Hugo), de 2011, do brilhante diretor americano Martin Scorsese. O filme é baseado no livro homônimo do escritor americano  Brian Selznick, publicado em 2007, e foi vencedor de 5 Oscar em 2012.

 
 
Ele faz uma belíssima e merecida homenagem ao grande diretor de cinema e de teatro, o ilusionista Georges Méliès, de quem já falamos aqui no blog no post do seu filme "A Viagem à Lua", de 1902. Quem interpreta brilhantemente Papa Georges - Georges Méliès é o ator britânico Ben Kingley.
 
 
Cartaz do filme "A Viagem à Lua"
 
 
O Autômato de Hugo Cabret

Ben Kingsley como Papa Georges (Georges Mèliès)
 
 
Georges Méliès

 
 



Fall of Eagles - Primeiro Episódio

Viena, Áustria, 1848.
 
A onda revolucionária que tomou conta de vários países da Europa Central , conhecida como Primavera dos Povos, provocada por manifestações populares e protestos estudantis,   atinge a cidade, questionando o governo autocrático e autoritário da monarquia. A insatisfação da população havia chegado ao limite depois de três anos de fome e miséria por causa da péssima produtividade das últimas colheitas na Europa.
 
O imperador Fernando I, que tinha problemas mentais, abdicou ao trono e seu irmão, o arquiduque Francisco Carlos, seria o próximo na linha de sucessão. Porém, influenciado por sua esposa, a princesa Sofia da Baviera, Francisco Carlos também abdicou ao trono em nome de seu filho mais velho, Francisco José, então com 18 anos.
 
Nesse mesmo ano nacionalistas húngaros formaram barricadas em Viena e o jovem imperador Francisco José ordenou que suas tropas reprimissem a rebelião serveramente.

Assim começa o primeiro episódio da série da BBC "Fall of Eagles", de 1974, criada por Jonh Elliot.


 
Ainda no primeiro episódio, mas já em 1953, o imperador Francisco José, aos 23 anos, casa-se com sua prima Elizabeth (ou Isabel), princesa da Baviera, então com 16 anos. A imperatriz Elizabeth ficou mais conhecida por seu apelido, Sissi, e foi imortalizada no cinema pela atriz Romy Schneider.

 
 

Downton Abbey

Yorkshire, Inglaterra, abril de 1912.
 
Na fictícia e aristocrática propriedade de campo chamada Downton Abbey, a família de Robert Crawley, Conde de Grantham, recebe por telégrafo a triste notícia de que seu primo James Crawley e o filho dele, Patrick, faleceram no naufrágio do navio Titanic.
 
James era o único herdeiro de seu título de nobreza e da propriedade, e também da fortuna trazida pela esposa de Robert, a americana Cora Crawley, já que o conde e sua esposa tiveram apenas filhas, e, segundo as leis, o título poderia ser transmitido apenas a um herdeiro do sexo masculino.
 
Uma das filhas do conde, Lady Mary, estava noiva de Patrick, para que a herança permanecesse na família, mas com a sua morte, o título seria então transferido como herança a um parente distante e estranho à família.
 
Esse é o contexto da premiada série britânica Downton Abbey, de 2010.

 
 

Não menos importante do que a própria família é o enorme staff de empregados domésticos que protagoniza juntamente com seus senhores as cenas de romances e intrigas na belíssima propriedade.
 
E podemos encontrar também diversos fatos históricos que serão pontuados aqui por episódio.

Primeira Temporada - 1912 - 1914

Primeiro Episódio


Além do evento mencionado acima, sobre o naufrágio do navio Titanic, bem como o uso do telégrafo, podemos notar o início do uso doméstico da eletricidade, que ainda era vista por alguns como "coisa do diabo".
 
Também chega à casa um novo empregado, o Sr. John Bates, que irá trabalhar como valet. O Sr. Bates apresenta um problema em uma das pernas, resultado de ferimento de guerra, por ter lutado na guerra da África do Sul, provavelmente na Segunda Guerra dos Bôeres, ao lado do próprio Sr. Robert.
 
E o período em questão está sob o reinado de George V, neto da Rainha Vitória.
 
Rei George V - Inglaterra - 1910 a 1936

Segundo Episódio

 
Uma característica marcante dessa série é a perfeita representação das classes sociais com seus devidos papéis na sociedade. De um lado a nobreza tradicional, aristocrática e rica, e de outro lado a classe de trabalhadores e até mesmo uma classe média, formada por profissionais liberais.
 
No segundo episódio isso fica bem claro quando a família do Conde de Grantham se refere com certa piedade a alguns membros da própria família que são médicos ou advogados, como se essas profissões são fossem tão "nobres". Em um determinado momento a mãe do conde chega a questionar o que seria um "final de semana"!
 
Ter que trabalhar, seja qual for o trabalho, definitivamente não era um papel desempenhado por essa nobreza, que reconhecia valor apenas no serviço militar.

Nesse episódio também é mencionado brevemente o futuro primeiro-ministro Lloyd George, então deputado pelo Partido Liberal, a respeito de um seguro que ele estava criando e que viria a ser a Previdência Social de hoje.

 Lloyd George

Terceiro Episódio

 
Nesse marcante episódio ocorre a visita do diplomata da Turquia, o Sr. Kemal Pamuk, à Downton Abbey, ainda no ano de 1912. É mencionada então a independência da Albânia do Império Turco Otomano, que ocorreu nesse mesmo ano.

Lady Mary e Kemal Pamuk
 
 
De acordo com o livro "Os Sonâmbulos - Como Eclodiu a Primeira Guerra Mundial", de Christopher Clark, essa independência se deu após a invasão da Líbia pela Itália, no fim de setembro de 1911. A  Líbia era então uma das províncias do Império Turco Otomano. Essa invasão acabou gerando uma espécie de coalisão dos Estados balcânicos que culminou na Primeira Guerra dos Balcãs, quando os turcos foram expulsos da Albânia, Macedônia e Trácia.

 
 
Oliver Cromwell, líder da Revolução Puritana, também é mencionado nesse episódio. Foi ele quem liderou a revolução que transformou a Inglaterra em uma República no período de  1653 a 1659.
 
Oliver Cromwell
 

Quarto Episódio

 
Um  novo motorista chamado Tom Branson, começa a trabalhar para a família Crawley. Trata-se de um irlandês que se diz socialista, mas não um revolucionário. No entanto, Branson irá demonstrar uma imensa revolta contra a dominação inglesa na Irlanda.
 
Ele irá se aproximar da filha mais nova da família, Lady Sybil, uma moça com ideias liberais dentro de uma família conservadora, e que irá lutar pelo sufrágio feminino e pela entrada da mulher no mercado de trabalho.
 
Lady Sybil
Lady Sybil e Tom Branson


 
 

 


Nesse episódio também aparece o uso da recém descoberta adrenalina, e a utilização desse hormônio no tratamento de paradas cardíacas.
 

Boardwalk Empire - O Império do Contrabando

Atlantic City, New Jersey, USA, 1920.

Ao entrar em vigor a Prohibition, ou Lei Seca que proibia a fabricação, a distribuição e o consumo de bebida alcoólica no país, entram em cena os reis do contrabando, a maiora imigrantes que se tornariam os grandes gangsters americanos.

Esse é o cenário da série televisiva Boardwalk Empire - O Império do Contrabando, da HBO, lançada em 2010, e que teve o primeiro capítulo, o mais caro de uma série até hoje, dirigido por Martin Scorcese.



Apesar de tratar-se de uma ficção, a série está permeada por importantes fatos históricos daquele momento, como por exemplo o final da primeira guerra mundial, com os veteranos voltado para casa com traumas físicos e psicológicos, o período entre-guerras, as questões raciais, o sufrágio feminino, sem falar dos aspectos políticos.

O mais importante contrabandista de Atlantic City, e principal personagem da série é o próprio tesoureiro da cidade, Enoch "Nucky" Thompson, um descendente de imigrantes irlandeses que é um personagem fictício inspirado no real Enoch L. Johnson.

Nucky  tem uma conduta bastante ambígua, para dizer o mínimo. Perante a sociedade ele é um respeitável e importante homem de bem, defensor da moral e dos bons costumes, no entanto, fez fortuna com negócios envolvendo bebidas e portanto tem motivos de sobra para comemorar a nova lei de proibição, já que as pessoas não deixarão de consumir bebida alcóolica, apenas o preço dela será agora muito mais alto.

(em construção)


Mata Hari

Paris, França, 1917.

A sedutora e enigmática dançarina exótica Mata Hari estava apresentando seu espetáculo nas noites parisienses, encantando multidões e tendo a seus pés os mais ricos empresários e importantes militares e políticos.
 
Um jovem capitão russo, em especial, também não resistiria aos encantos da bela holandesa mestiça, com sangue indiano, que corresponderia à paixão pelo oficial.
 
No entanto, em plena Primeira Guerra Mundial, o momento era delicado e qualquer atitude considerada suspeita era investigada e tratada com todo rigor. A França, assim como as outras nações envolvidas na guerra, eram implacáveis com traidores e espiões.
 
E esse seria o destino de Mata Hari. Acusada como sendo a espiã H-21, trabalhando na França a serviço dos alemães, ela foi condenada e executada por um pelotão de fuzilamento, ao 41 anos.
 
Sua história está contada no filme Mata Hari, de 1931, do diretor francês George Fitzmaurice, trazendo a atriz Greta Garbo no papel principal.

Nada de Novo no Front

Alemanha, 1914.

Jovens alemães com idade em torno de 16 anos são convencidos pelos professores, pais e sociedade em geral a se alistarem no exército para lutarem pelo país contra a França e Inglaterra na fronteira oeste e contra a Rússia na fronteira Leste.

A eles era dito que indo à guerra seriam considerados os "homens de ferro" da Alemanha. Teriam honrarias e admiração das moças, que aquela guerra não duraria mais que um ano e que haveria poucas baixas.

É sobre essa história que fala o filme ALL QUITE ON THE WESTERN FRONT (título brasileiro: Nada de Novo no Front), rodado em 1930 pelo diretor americano Lewis Milestone.




Relembrando, como falamos na postagem sobre o filme DE MAYERLING A SARAYEVO, por causa do assassinato do herdeiro do trono da Áustria-Hungria por rebeldes sérvios, Franz Ferdinando, esse país declarou guerra à Sérvia com o apoio da Alemanha e Itália, formando a Tríplice Aliança (contando também com o apoio dos turcos do Império Otomano). Rússia e França ficaram ao lado da Sérvia, e Inglaterra aliou-se aos dois países posteriormente, formando a Tríplice Entente.

O filme é baseado no maior livro anti-bélico já escrito, de mesmo nome, do autor Erich Maria Remarque.




Nascido Erich Maria Kramer, em 1898, na cidade de Osnabrück, Alemanha, Remarque foi um desses jovens. Ele alistou-se no exército alemão aos 18 anos, para lutar na WWI, influenciado pela propaganda da guerra.


Erick Maria Remarque
 
O enredo descreve com simplicidade como era a rotina das trincheiras na fronteira com a França, mostrando a insensatez da guerra e das mortes. Ao longo da estória os rapazes se deparam com uma realidade bem diferente daquela que lhes foi prometida.
 



Paths of Glory

Avançando um pouco mais na Primeira Guerra Mundial, vamos falar sobre o filme Paths of Glory (título brasileiro: Glória Feita de Sangue), do aclamado diretor americano Stanley Kubrick.


 
 

Lançado em 1957 e estrelado por Kirk Douglas, é baseado no romance do escritor Humphrey Cobb.

O filme está ambientado no norte da França, em 1916, mais precisamente na cidade de Verdun, região da Lorena, onde ocorreu uma das mais longas e devastadoras batalhas da Primeira Guerra, a Batalha de Verdun, entre França e Alemanha.

Um dos mais contundentes filmes anti-guerra, ele aborda com profundidade o aspecto humano envolvido nesse ambiente, trazendo à tona toda a pequenez e mesquinharia que pode ser alcançada pelo homem em momentos extremos.

A história fala da missão praticamente suicida recebida por um pelotão francês nas trincheiras de Verdun, comandado pelo Coronel Dax (Kirk Douglas), com o objetivo de tomar uma colina chamada Formigueiro, ocupada pelos alemães.

Iniciada a missão, o grupo é brutalmente recebido pelos rivais e parte do batalhão se recusa a seguir adiante, vendo que se tratava realmente de uma missão impossível.

Para não ter que assumir a derrota, o General que deu a missão ordena que esse grupo seja executado no campo de batalha pelos próprios companheiros, mas o coronel que recebe tal ordem se recusa a executá-la, a menos que ela venha por escrito e que o General assuma assim a responsabilidade, o que não acontece.

O General então determina que o grupo seja julgado por uma corte marcial pelo crime de covardia diante do inimigo e condenado à pena capital.

O Coronel Dax, após muita negociação, tenta salvar o grupo, alegando que se tratavam de bravos soldados responsáveis por diversas vitórias em batalhas anteriores, porém, três deles são escolhidos para irem a julgamento.

Na segunda metade do filme  o foco é transferido das trincheiras para esse julgamento, o qual é conduzido de forma parcial e arbitrária.

Realmente é um filme belíssimo e muito diferente da maioria dos filmes de guerra!!






 

De Mayerling a Sarajevo

Dando início ao ciclo de postagens sobre a primeira e a segunda guerras mundiais, vamos falar um pouco sobre as origens.

Como se iniciou a Primeira Guerra Mundial? Quais foram as causas e o ponto de partida? Na verdade, foram vários os motivos, como as disputas por colônias, a formação de alianças, etc,  mas houve uma fagulha... 
 
E é desse estopim que se trata o filme “De Mayerling a Sarajevo”, do diretor francês, de origem alemã, Max Ophüls
 
A obra, de 1940 , retrata o romance entre o Arquiduque Franz Ferdinand, da poderosa família Habsburgo, herdeiro do Império Austro-Húngaro e sobrinho do então Imperador Francisco José I, com aquela que seria sua esposa num casamento morganático, a Condessa Sophie Chotek, da Tchecoslováquia, desde o momento em que se conheceram até o assassinato de ambos, por Gavrilo Princip, em Saraievo, Bósnia, no dia do 14o aniversário de casamento.
 
Esse evento deflagraria então a primeira grande guerra, pondo um fim à "paz armada" que perdurava até então.


Antes desse episódio, a região dos Bálcãs havia sido dominada durante anos pelo Império Turco Otomano, até que o poder fosse tomado pela Sérvia (capital Belgrado), a qual foi em seguida dominada pela Áustria-Hungria (capital Viena).
 
Franz Ferdinand e Sophie Chotek

 

Imperador Francisco José I

E essa opressora dominação austro-húngara causou muita revolta e descontentamento sobre as nações subjugadas, como a Sérvia, Bósnia e Albânia.
 
Dessa insatisfação com a Áustria-Hungria surgiu na Sérvia a sociedade secreta militar Mãos Negras, uma organização terrorista, anarquista radical, que tinha o objetivo de derrubar o governo e estabelecer a Iugoslávia.
 
O jovem atirador Gavrilo Princip, nascido na Bósnia, onde perdera tudo que tinha devido às guerras, fazia parte dessa organização.

Gavrilo Princip

A Europa daquela época estava dividida em dois blocos:

- Tríplice Aliança: Alemanha / Itália / Áustria-Hungria (com o apoio dos Turcos Otomanos)

- Tríplice Entente: Rússia  / França / Reino Unido

Uma guerra entre quaisquer desses países envolveria todos os outros.

Indignado com a morte do sobrinho, o Imperador Francisco José I decidiu declarar guerra à Sérvia, mas sabia que essa poderia ter o apoio da Rússia, um inimigo que ele não poderia combater sozinho.

O Imperador então pediu o apoio do Kaiser Guilherme II, da Alemanha, também pertencente à  família Habsburgo. Esse ficou ao seu lado sem dar muita importância aos fatos e sem medir as consequências, concluindo que aquele seria mais um conflito dos Balcãs e que logo as desavenças entre a Áustria-Hungria e a Sérvia estariam resolvidas.

Mas não foi o que aconteceu. A Rússia realmente ficou do lado da Sérvia, assim com o a França, e ambas começaram a se mobilizar para a guerra. A Alemanha então, vendo que essa seria inevitável, preferiu antecipar os fatos e, em agosto de 1914, declarou guerra aos dois países.

A Inglaterra, até então neutra e sem nenhum motivo direto para entrar na guerra, pois não tinha nenhuma simpatia pela Sérvia, viu que não poderia ficar de fora por muito mais tempo. Ela possuia muitas colônias na África e na Ásia, além de rotas comerciais, e precisava do apoio russo para garantir a estabilidade do seu vasto império. Além disso, ela não poderia permitir que a Alemanha obtivesse o controle dos mares. Dessa forma, ela entrou na guerra ao lado da Rússia e da França.

Assim iniciou-se a Primeira Guerra Mundial.